O WordPress pode ser configurado para atender às necessidade de uma base de conhecimento de forma simples e rápida para nosso Negócio.

Nesse vídeo é abordada a teoria e prática para um exemplo de Knowledgebase.

É muito comum instalar o WordPress em uma subpasta da raiz do web server para manter a organização da estrutura. Mas, isso não significa que desejamos que os nossos visitantes digitem, por exemplo, o nome da pasta depois do domínio. Apenas o domínio é o suficiente nesse caso.

Para obter esse tipo de resultado, deixe o campo “Endereço do site (URL)” como o domínio, sem a pasta e insira os seguintes dados no arquivo .htaccess na pasta raiz html:

# BEGIN WordPress
<IfModule mod_rewrite.c>
RewriteEngine On
RewriteBase /
RewriteRule ^index\.php$ - [L]
RewriteCond %{HTTP_HOST} ^(www.)?rdconsolo.com.br$
RewriteCond %{REQUEST_URI} !^/wordpress/
RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} !-f
RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} !-d
RewriteRule ^(.*)$ /wordpress/$1
RewriteRule ^(/)?$ wordpress/index.php [L]
</IfModule>
# END WordPress

No processo de instalação do WordPress em servidores CentOS, acabei recebendo o erro 500 do web server Apache.

Analisando o error_log o termo abaixo me chamou a atenção:

mod_fcgid: read data timeout

Pesquisando na Internet, descobri a configuração que estava causando esse erro e realizei a alteração no arquivo httpd.conf:

mod_fcgid: read data timeout

Se seu web server é compartilhado, observe o domínio específico que está realizando a instalação.

edit: em servidores Debian, observar os arquivos de configuração individual em “/etc/apache2/sites-available/”.

edit2: em servidores com Virtualmin, escolha o domínio desejado, em Configuration -> Website Options, altere o valor de “Maximum PHP script run time”.