O Scoop Installer é um gerenciador de aplicativos para Windows nos moldes de um apt do Linux ou um brew do MacOS.

Esses gerenciadores permitem instalar, remover e atualizar aplicativos do sistema operacional pelo prompt de comando. Isso pode parecer “defasado” mas na verdade os benefícios sobre os instaladores tradicionais em modo gráfico são superiores como, por exemplo:

  • instalação sem passos
  • escolha de uma versão específica do aplicativo
  • velocidade de resposta
  • administração centralizada

Para saber como instalar e usar esse aplicativo, veja os docs em https://scoop-docs.vercel.app/docs

Alguns comando úteis:

  • scoop update
  • scoop update *
  • scoop search <aplicativo>
  • scoop install <aplicativo>
  • scoop install <aplicativo>@<versão>
  • scoop list
  • scoop status
  • scoop bucket add <bucket>
  • scoop uninstall <aplicativo>

Buckets úteis:

  • extras
  • versions
  • php
  • nerd-fonts

O Scoop não remove automaticamente as versões anteriores dos aplicativos atualizados. Para fazer isso, execute o comando “scoop cleanup *”.

Nem todos aplicativos possuem assistentes de instalação para deixar atalhos no menu iniciar.

Nesses casos temos que botar a mão na massa, ou melhor, no terminal, para deixar esses atalhos com acesso mais imediato do que a execução direta chamando o aplicativo na pasta pelo explorer.

A partir do momento que conseguimos criar atalhos para o aplicativo na nossa área de trabalho usando o comando “Enviar para…” podemos recortar e colar esses atalhos na pasta do Iniciar (sim, o Iniciar é uma pasta no seu disco).

Abra a pasta abaixo copiando e colando seu endereço no Executar (Win + R):

mod_fcgid: read data timeout

Com essa pasta aberta, podemos colar nossos atalhos (não cole o arquivo original do aplicativo, nunca!) ou mesmo criar pastas específicas para organizar esses aplicativos.

Em seguida, devemos reiniciar nossa sessão no Windows ou, se preferir, reiniciar o explorer com os seguintes comando no Terminal (não é necessário abrir como Administrador):

taskkill /f /IM explorer.exe
start explorer.exe
exit

Dessa forma os atalhos/pastas já estarão presentes no menu Iniciar, onde podemos fixá-los no acesso rápido, por exemplo.

Boa sorte!

Para executar o Pentaho Data Integration (PDI) no Windows 7 32bits, siga as orientações abaixo.

  • Instalar a JRE e a JDK do Java no Windows (escolher a versão i586 que corresponde a arquitetura de 32bits)
  • Definir as duas variáveis de ambiente abaixo no Windows (troque o caminho de acordo com a versão do Java instalado):
    • PENTAHO_JAVA_HOME=C:\Program Files\Java\jre1.8.0_144
    • JAVA_HOME=C:\Program Files\Java\jre1.8.0_144
  • Editar o arquivo spoon.bat e trocar o valor do xmx para 1536

Ao executar o .bat, aguarde alguns segundos antes de desistir :). Aplicativos desse porte demoram um pouco para iniciar em ambientes 32bits.